SETCESC | Escassez de mão de obra no setor de TRC se resolve com investimento em qualificação


A pandemia ainda não acabou, mas o sentimento é que o pior já passou. Em Santa Catarina, a retomada do crescimento econômico teve participação expressiva do transporte rodoviário de cargas.


A diversificação da economia catarinense é uma das razões desse reaquecimento. Aqui, a agroindústria e os setores metalmecânico, cerâmico, madeireiro, da construção e têxtil, nos quais somos o segundo maior produtor brasileiro, influenciaram positivamente.


A taxa de desemprego, com 5,8%, é uma das menores do país. Se vê o pleno emprego e a abertura de novas vagas, especialmente para profissionais qualificados, nas quais se enquadram o motorista profissional.


O incentivo da nossa Cooperativa de Crédito dos Empresários de Transporte do Sul do Brasil (Transpocred) foi fundamental para o enfrentar aquele momento delicado da economia. Liberaram linhas de crédito com juros acessíveis e facilitaram a negociação dos inadimplentes.


Em nosso artigo do ano passado, escrito em plena pandemia do coronavírus, projetávamos o tamanho do desafio a ser enfrentado com muita estrada a percorrer. Além disso, estávamos preparados para encarar um “novo normal”, tomando decisões mais assertivas, num cenário em que não existia margem para erro sob pena de sucumbirmos.


Quem não se reinventou de fato passou sufoco ou sucumbiu. O que se espera a partir de agora é ver um mercado movimentado em todos os setores da economia.


Por outro lado, também esperamos por parte dos órgãos governamentais menor carga tributária e legislações mais flexíveis. Quanto menos o estado interferir, maior a probabilidade de retomada do crescimento.


A necessidade de investir na malha viária que corta o Brasil é mais uma das bandeiras que precisamos continuar levantando. Mais segurança nas estradas e mais fluidez ao trânsito representam ganhos diretos, a partir da redução de custos.


Confira a mensagem enviada pelo presidente

Osmar Ricardo Labes

Presidente do Sindicato das Empresas de Transporte de Carga e Logística no Estado de Santa Catarina (Setcesc), fundador da Cooperativa de Crédito dos Empresários de Transporte do Sul do Brasil (Transpocred), vice-presidente regional da Federação das Empresas de Transporte de Carga e Logística no Estado de Santa Catarina (Fetrancesc) e conselheiro regional do Serviço Social do Transporte e o Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte (SEST SENAT)