Flavio Benatti




Como você avalia setor de transporte no ano de 2020 diante da pandemia do novo coronavírus?


AN: Neste ano, o setor de transporte rodoviário de cargas (TRC) foi reconhecido como essencial para o país, mas claro que foi um ano em que o setor também sofreu muito. A economia foi muito afetada, principalmente nos primeiros três a quatro meses da pandemia, e com isso o TRC acabou sendo bastante impactado. Embora tenha mantido suas atividades funcionando na medida do possível, sofreu muito economicamente para manter suas estruturas.

A queda foi muito grande. Tivemos momentos em que o volume de cargas caiu quase 50% em determinados segmentos do TRC. As empresas tiveram que manter suas estruturas mesmo com quedas tão significativas como essa.


Então, com esse forte impacto, acredito que alguns segmentos levarão algum tempo para se recuperar completamente, mesmo diante de uma recuperação econômica.


As entidades sempre tiveram um importante papel nas maiores crises da história deste país. Qual a sua avaliação do trabalho delas diante dessa crise?


AN: Foi fantástico. A começar pela CNT, gestora do SEST SENAT, que se tornou o grande parceiro de primeira hora do setor, dando total apoio com as suas estruturas e auxiliando todos os profissionais do segmento, fossem eles CLTs ou autônomos.


A própria NTC&Logística também foi uma grande parceira do setor. Realizou pesquisas, trouxe estatísticas, mostrou ao setor as realidades, participou ativamente das discussões e forneceu todas as informações por meio de lives. A COMJOVEM também teve uma participação fantástica durante esse período.


Nesse momento de pandemia, o que mais vale são as informações e os caminhos a serem tomados, e acredito que o trabalho feito nas entidades, fundamentalmente na CNT e na NTC&Logística, foi essencial para colocar o setor no topo das discussões.


As organizações atuaram de maneira brilhante. Foi um grande teste para que as pessoas entendessem a importância das entidades para qualquer setor da economia, e no nosso setor esse trabalho foi fundamental.


O que o senhor projeta para 2021 e como será o futuro?


AN: Na realidade, estamos torcendo para que tenhamos uma cura para o vírus. Estamos em uma discussão muito grande em relação às vacinas, com diversos laboratórios trabalhando nisso.

É difícil conviver com os altos e baixos que temos atualmente. Nós víamos uma certa tranquilidade na Europa até pouco tempo atrás, mas agora, com uma segunda onda, tudo muda. No Brasil, a mesma coisa está acontecendo em algumas regiões.


À medida que o momento está passando, nós estamos aprendendo a lidar com esse “novo normal”, mas eu entendo que só teremos uma tranquilidade quando a vacinação estiver em andamento. Assim, as coisas voltarão a acontecer de forma natural, e a economia voltará a ter seu ritmo normal. Enquanto isso não acontece, não vejo a economia aquecendo. Alguns setores terão bons momentos, com crescimentos exponenciais, mas a economia de maneira geral só voltará a seu ritmo natural quando tivermos uma real tranquilidade.


ANUÁRIO 

NTC&Logística

2020-2021

  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube

© 2023 by NTC&Logística. Proudly created with PortalNtc.com.br

HORÁRIO DE ATENDIMENTO

Segunda a Sexta: 9H - 18H

Sabádo - Domingo: Fechado

CONTATO

Brasília

SAS – Quadra 1 – Lotes 3/4
Bloco “J” – 7º andar
Torre “A” Edifício CNT
CEP: 70070-010
Brasília/DF
Fone (61) 3322-3133

E-mail: atendimento@ntc.org.br

São Paulo

Rua Orlando Monteiro, 21
Vila Maria
CEP – 02121-021
São Paulo/SP
Fone (11) 2632-1500
Whatsapp (11) 99215-1576