FETCESP | 2020: ano desafiador e de transformação para a sociedade


A pandemia do novo coronavírus, que assola o mundo, provoca grandes transformações nas relações pessoais e profissionais. Um período desafiador, de grande aprendizado para as pessoas e para a gestão das empresas e das entidades.


A tecnologia ganhou novas dimensões no nosso cotidiano, com mudanças no consumo e na relação com os colaboradores, fornecedores, clientes, amigos e familiares.


No momento, chamo atenção para o comércio eletrônico, para a videoconferência e para o trabalho remoto, que viabilizaram a continuidade de muitos negócios, novas oportunidades e a aproximação com as pessoas. Por isso, as empresas devem ficar atualizadas com as novas tecnologias e modernizar suas operações.


As mudanças também alcançaram as entidades do transporte rodoviário de cargas (TRC), que se mobilizaram rapidamente diante do novo cenário de pandemia e isolamento social para atender às novas demandas.


Em razão do transporte de carga ter a condição de atividade essencial, as entidades nacionais e regionais do setor, unidas, buscaram junto ao governo tratamento diferenciado e a adoção de medidas emergenciais de flexibilizações tributária, fiscal e trabalhista que permitissem um reequilíbrio. Também buscamos medidas de socorro econômico-financeiro para a continuidade dos serviços prestados à sociedade.


Agora, buscamos medidas mais definitivas para o setor, como a continuidade da desoneração da folha de pagamento, a redução da carga tributária, formas de conter o excesso de regulação no setor, entre outras.


Trabalhamos para oferecer novos serviços por meio da FETCESP e de entidades regionais, para que assim possamos atender os empresários e ao mesmo tempo incentivar maior participação nas ações de representação do TRC.


Buscamos parcerias com empresas fornecedoras de serviços e insumos para oferecer condições especiais de pagamento e preços às empresas de transportes.


Criamos o Instituto FETCESP para que os sindicatos paulistas possam oferecer novos serviços. A emissão de certificado digital é o primeiro que está disponível e com grande aceitação, e no momento estamos analisando outros serviços.


Neste ano, conquistamos o reconhecimento da Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (CETESB) para o Programa Despoluir, que passou a integrar o Programa de Melhoria da Manutenção de Veículos Diesel (PMMVD).


Continuamos com ações para fortalecer a representação do setor junto ao Executivo, ao Legislativo e ao Judiciário em São Paulo e na esfera nacional.

Para aumentar as conquistas, os empresários precisam participar das entidades levando apoio e propostas.


Afinal, juntos sempre somos mais fortes!


Carlos Panzan Presidente da FETCESP, vice-presidente do Conselho Regional São Paulo do Sest Senat e diretor da NTC e CNT